Posts sobre Drinks - Sergio's
AS 5 MELHORES CERVEJAS ARTESANAIS DO MUNDO

AS 5 MELHORES CERVEJAS ARTESANAIS DO MUNDO

A melhor parte de sentar com seus amigos, em um happy hour é tomar uma cerveja e relaxar, não é? Mas sabe como você pode sair do comum na hora de escolher sua cerveja?

É simples: procure cervejas artesanais, que têm gostos e texturas diferenciadas das vendidas no mercado. Quer saber quais são as 5 melhores cervejas artesanais do mundo? Confira abaixo:

 

5.MORADA DOUBLE VIENNA

Fabricada no Brasil, seu teor alcoólico é de 7,6%. Ideal para comer com aperitivos, como amendoim, batata frita, castanhas. Além disso, ela é perfeita com frutos do mar e carnes em geral.

 

blog-1

 

4.NORTH COAST OLD RASPUTIN RUSSIAN IMPERIAL STOUT

Criada nos Estados Unidos, seu teor alcoólico é de 9%. Sua cor é preta e harmoniza com chocolates amargos e fondues, como queijo ou frutas vermelhas.

blog-5

 

3. COLORADO ITHACA

Mais uma brasileira na nossa lista, a Colorado Ithaca tem teor alcoólico de 10,5%. Combina com carnes, queijos, frios e doces caramelizados.

colorado-ithaca

 

2. MORADA HOP ARABICA

Se prepare para mais uma cerveja da nossa terra. A Morada Hop Arabica tem teor alcoólico de 5%. Ela harmoniza bem com carnes grelhadas, como o hambúrguer, feijoada e queijos cremosos.

cerveja artesanal

 

1. DUCHESSE DE BOURGOGNE

E o nosso primeiro lugar vai para a Duchesse de Bourgogne, fabricada na Bélgica. Seu teor alcoólico é de 6,2%, mas o que a torna mais especial são suas safras que acontecem de 8 em 8 meses ou de 18 em 18. São envelhecidas em barris de carvalho e sua harmonização se dá com caldos verdes, frango e até mesmo caldo de feijão. Além disso, combina também com sopas de legumes e queijo e tortas doces.

 

DUCHESSE DE BOURGOGNE

 

BÔNUS – CERVEJA WÄLS

Considerada uma das melhores cervejas do mundo. A Wäls tem o teor alcoólico de 5% a 12%, variando de cerveja para cerveja. Ela apresenta um sabor mais leve, com aromas variando de frutas secas a especiarias. Ideal para tomar com pratos típicos alemães, massas diversas, frutos do mar e doces.

 

wals

Gostou do nosso artigo?  Se tiver alguma dúvida deixe um comentário que vamos te responder. Não se esqueça de comentar a sua preferida.

 

Fernanda Rocha

Por Fernanda, Diretora de Projetos e Desenvolvimento Blog da Sergios

JACK DANIEL’S SINGLE BARREL RYE

JACK DANIEL’S SINGLE BARREL RYE

Quem não ama um uísque? Uma bebida forte, clássica e centenária! Após 100 anos a Jack Daniel’s lança seu terceiro “brand” da coleção Barril único, chamada Jack Daniel’s Single Barrel Rye, totalmente amadurecido.

jack daniel's

De acordo com o destilador mestre da Jack Daniel’s, para Jeff Arnett, o Rye foi uma das primeiras formas do uísque americano do ‘Destilador Mestre’ Jack Daniel’s. Estou orgulhoso de honrar essa história com o lançamento do Single Barrel Rye. Há uma tendência de lançamentos de uísque de centeio e estamos animados para dar para nossos clientes a possibilidade de experimentá-los.

Para manter as características clássicas da marca Jack Daniel’s, eles observaram que conservar o estilo e o modo de selecionar os grãos fariam com que o público tivesse mais interação com o produto nos barris.

Jeff Arnett se mostrou confiante com o resultado e acha que as pessoas se impressionarão com o gosto e as qualidades do uísque.

O uísque Rye utiliza 70% de centeio, 18% de milho e 12% de cevada maltada, produzindo um tom límpido, com sabor doce, mais distinto e um fino acabamento em comparação aos outros Single Barrels. Ele é colocado em um barril branco de carvalho americano.

Além disso, o uísque Rye é produzido com a água da nascente da caverna da propriedade Daniel’s, que também é usada para produzir o Tennessee Whiskey.

Gostou do nosso artigo? Ficou com vontade de aproveitar esse uísque delicioso? Deixe um comentário que te respondemos.

Fernanda Rocha

Por Fernanda, Diretora de Projetos e Desenvolvimento Blog da Sergios

PARA NÃO ERRAR COM O VINHO

PARA NÃO ERRAR COM O VINHO

Algumas questões relacionadas ao vinho parecem muito complexas para simples degustadores da bebida, mas não é preciso ser nenhum enófilo, enólogo ou sommelier para não errar no que se diz respeito ao consumo ou conservação do vinho.

Você certamente já ouviu falar que vinho com tampa de rosca não é bom. Bobagem! Na verdade, a rolha é ideal apenas para vinhos que precisam de mais tempo de amadurecimento. Para vinhos que são consumidos ainda jovens, como os brancos, a tampa de rosca é super válida, sem contar que é bem mais prática.

Vai consumir o vinho com tampa de rolha mesmo, mas, ao tentar abrir, a rolha acabou se partindo, ficando metade dentro da garrafa. Tenha paciência e continue a tirar com o saca rolhas. É que, ao empurrar o restinho da rolha para dentro da garrafa, fragmentos mínimos dessa rolha vão cair junto, tornando a degustação um pouco menos agradável.

Já reparou que o vinho tem um aroma muito mais gostoso e intenso quando você já está terminando a sua taça? Isso acontece porque alguns elementos do vinho só são liberados em contato com o oxigênio. Sendo assim, o melhor é abrir a garrafa e transferir seu vinho para um decanter. Nesse processo ele já começa a “se liberar”. É também por esse motivo que sempre damos aquela giradinha na taça.

Sempre que for tomar sua taça de vinho, certifique-se de que ela está bem limpa e seca. A taça molhada pode diluir o vinho, deixar gosto de cloro ou algum outro resíduo, como o do detergente.

A polêmica do vinho com gelo. Sim, há quem prefira, mas é uma questão de gosto, como há quem prefira o whisky com gelo também. O conteúdo acaba sendo diluído, o que não é apreciado por alguns, mas cada um bebe do jeito que achar mais conveniente e agradável ao paladar.

Para finalizar, não desperdice o seu vinho. Geralmente, se tampado de forma correta, um vinho que já foi aberto dura de dois dias à uma semana. Se passou muito tempo, vá juntando alguns restinhos de vinho para substituir o seu vinagre para saladas. O resultado é um sabor mais leve e ainda mais saudável.

Imagem: Reprodução.

Fernanda Rocha

Por Fernanda, Diretora de Projetos e Desenvolvimento Blog da Sergios

O WHISKY DE MILHARES DE REAIS

O WHISKY DE MILHARES DE REAIS

Apreciadores de whisky sabem que, entre outros pontos, o envelhecimento do produto faz toda a diferença no resultado final, tornando sabor e aroma muito mais encorpados.

O single malt Mortlach 75 Years Old, produzido na Escócia, é o tipo de preciosidade que muitos gostariam de degustar. Com depósito em barris de Jerez registrados em novembro de 1939, a saborosa bebida, que tem notas de damasco seco, romã e toque de baunilha e outras especiarias, já completou 76 anos e está distribuída em apenas 100 decanters de cristal numerados e em formato de gota. Representando os anos de envelhecimento do whisky, estão 76 frisos na garrafa, o que torna o porta-joias ainda mais belo.

Ter uma dessas belas garrafas é um verdadeiro luxo, saindo a £20 mil libras – cerca de R$ 120 mil.

O kit vem composto de uma garrafa de 700ml, dois copos de cristal, um livro e uma case de viagem em couro.

Para momentos muito especiais.

Imagem: Reprodução.

Fernanda Rocha

Por Fernanda, Diretora de Projetos e Desenvolvimento Blog da Sergios

*Muitas das imagens deste Blog vêm de fontes diversas. Se alguma foto de sua autoria estiver no Blog e você desejar sua remoção, favor enviar um e-mail para administrativo@sergios.com.br que prontamente a retiraremos do ar.